Concurso de fotografias vai eleger as imagens mais belas ao longo da ferrovia Vitória a Minas (EFVM)

18/07/2013 20:01

Vitória, 15 de julho de 2013 - A diversidade de belezas naturais que compõem o percurso da Estrada de Ferro Vitória a Minas (EFVM) será tema do concurso cultural "Viaje na Paisagem", iniciativa que a Vale lança nesta segunda-feira, dia 15 de julho.

Aberto a fotógrafos amadores e profissionais com idades acima de 18 anos, o concurso irá premiar as três melhores imagens que retratem o cotidiano da ferrovia. Cada pessoa poderá concorrer com uma fotografia, que deverá ser enviada para o e-mail concurso.fotografiaefvm@vale.com com uma cópia da carteira de identidade (frente e verso), além da ficha de inscrição preenchida e do Termo de Cessão de Direito de Uso e Imagem assinado. Esses dois últimos documentos, bem como o regulamento do concurso, estarão disponíveis para download no site www.vale.com entre os dias 15 de julho e 15 de agosto.

O vencedor será premiado com uma câmera fotográfica profissional Canon do modelo T4i acompanhada de lente de 18 por 135 milímetros e de cartão de memória de 16GB. Já o segundo colocado ganhará uma máquina fotográfica do modelo SX40hs, também da marca Canon, com cartão de memória de 4G. O terceiro lugar, por sua vez, será contemplado com uma câmera digital Canon SX150, com cartão de memória também de 4GB.

EFVM

Considerada a ferrovia mais produtiva do Brasil e uma das mais modernas do mundo graças aos investimentos em tecnologia e recursos humanos, a Estrada de Ferro Vitória a Minas (EFVM) tem 905 quilômetros de extensão e transporta cerca de 40% de toda carga ferroviária do país. Por ela circulam pelo menos 60 tipos de produtos, como minério de ferro, aço, soja, carvão, calcário, entre outros.

Além de operar no transporte de cargas, pela EFVM passa o único trem de passageiros do Brasil que percorre longas distâncias diariamente. Durante o percurso, o passageiro tem à disposição belas paisagens, história, comodidade e segurança.

Com o passar dos anos, as operações da EFVM foram modernizadas para aumentar a eficiência, a capacidade, a produtividade e a segurança, essa última trabalhada pela Vale por meio de ações de conscientização realizadas junto às comunidades situadas ao longo da ferrovia durante todo o ano.

Blitzen educativas em passagens em nível (locais onde há cruzamento entre a ferrovia e as estradas), divulgação de dicas de segurança em rádios e jornais, visitas de autoescolas às áreas da Vale e jogos educativos nas comunidades fazem parte das atividades. Além disso, empregados da mineradora que atuam na operação ferroviária realizam palestras mensais em escolas de primeiro e segundo graus situadas ao longo do trecho com o objetivo de conscientizar crianças, adolescentes e adultos sobre a importância da convivência segura e harmônica com a ferrovia.