ONU afirma que países diminuíram apoio financeiro à cooperação internacional em 2011

23/09/2012 22:38

Organização das Nações Unidas (ONU) publicou um relatório analisando o investimento dos países desenvolvidos na chamada "Assistência Internacional para o Desenvolvimento - AID" (Official Development Assistance, ODA, no original). O resultado indicou uma diminuição no total doado pelos países , com previsão de poucas nações, como a Suécia, de aumentarem no futuro o seu apoio financeiro aos países pobres.

O relatório "Parceria Global pelo Desenvolvimento: tornando a Retórica Realidade", publicado tendo como base a oitava Meta do Milênio - Desenvolver uma Parceria Global para o Desenvolvimento, analisa o impacto da crise econômica mundial no apoio ao desenvolvimento no mundo e faz considerações sobre o investimento dos países desenvolvidos com assistência aos mais necessitados.

Em 2011, após um pico no ano anterior, a ONU verificou a queda de 3% nos recursos direcionados para a AID, com os países membros da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) investindo um total de 133 bilhões de dólares. Esse valor equivale a 0,31% do PIB agregado dos países desenvolvidos, o que é menos da metade do investimento esperado pela ONU, que é de 0,7% do PIB dos países da OCDE.

O relatório da ONU também reconhece o potencial da contribuição de países que não fazem parte da OCDE, filantropos e formas inovadoras de financiamento em cumprir o papel de substituir parte do investimento esperado que fosse realizado pelos países desenvolvimentos. Essa contribuição totalizou mais de sete bilhões de dólares em 2010, e as doações de organizações filantrópicas variaram de 30 bilhões a 56 bilhões no mesmo ano, segundo o relatório.

Para conhecer o relatório da ONU na íntegra acesse a página https://www.un.org/en/development/desa/policy/mdg_gap/. O documento não está em português, mas pode ser lido em espanhol, inglês, francês, russo, árabe ou chinês.